Da temperatura dos pés

Meu querido jlmdias faz uma brilhante junção do Lord Protetor com os deuses do futebol para tratar do furacão de Myanmar que jogaram no chopp do Flamengo. Engano. Não se trata de um castigo dos deuses, mas de um karma.

Lula é corintiano, com simpatias pelo Vice da Gama. O Brasil, sob sua presidência, foi batido por um centenário meio-campo francês. E, nessa Libertadores, os dois times que ele patriocina cairam de forma humilhante. Nada mais que River e Flamengo, Petrobrás no peito de ambos, Maracanâ e Monumental de Nuñez, a dor ante ao adversário que se supera.

(mui grato pela observação do detalhe das camisas, compadre CGA)

 

Anúncios

3 Respostas to “Da temperatura dos pés”

  1. Reflexivo Says:

    Você há de duvidar do que vou dizer, mas ontem, assistindo ao jogo do River, também me chamou sinistramente a atenção o famoso logotipo petroleiro na camisa dos hermanos. Que têm uma camisa como faixa, tal como o Vice da Gama.

  2. Reflexivo Says:

    Respondi lá no Reflexões também, veja se ficou legal.

  3. ohermenauta Says:

    Look at this:

    http://atorredemarfim.apostos.com/archives/2008/05/post_3.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: